Sobre a mentira

Sobre a mentira

Há pessoas que não sabem se relacionar sem mentir. Há aquelas que  mentem sobre si mesmas, para se valorizarem, melhorar a própria imagem dentro do meio social em que vivem. Uma das razões interiores mais comuns para esse tipo de mentira é a insegurança ou a baixa autoestima. Nesse caso, em geral, a pessoa faz tudo para elevar o que é ou aumentar o que tem.

Outras usam a mentira para se beneficiar e prejudicar os outros. Esse tipo não mede as consequências, não se preocupa com nada e nem com o fato de estar prejudicando alguém.  

A mentira pode ser devastadora! Produz descrédito, decepção! Se você é adepto de pequenas mentiras, é melhor repensar o seu comportamento. Quanto mais cair na tentação de mentir, mais difícil vai ficando controlar as versões de suas mentiras, mais difícil vai ficando garantir a coerência de suas histórias, maior vai ficando a necessidade de novas mentiras para encobrir as antigas. Saiba que, quando mentimos, fazemos mal a nós mesmos!

Uma pesquisa científica recente revelou a relação entre mentir menos e ter uma saúde melhor.  Durante o estudo foi proposto aos analisados reduzir o número de mentiras. Foi constado pelos pesquisadores que esse novo comportamento os ajudou a manter relações próximas mais saudáveis, principalmente porque suas interações sociais se tornaram mais simples do que anteriormente.

Portanto, além de ser mais leve, viver  honestamente pode levar a uma melhor saúde. A honestidade traz benefícios físicos e psicológicos. Você pode melhorar a sua vida simplesmente contando a verdade, sem exagerar, ou explicando sem rodeios, por exemplo, o motivo de estar atrasado ou de não conseguir cumprir tarefas, em vez de inventar desculpas.

 

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>